Archive for April, 2013

A acomodação será a morte de todos nós.

Posted in Uncategorized on April 10, 2013 by renatocruzatto

A fagulha da revolta pode demorar pra queimar.

Às vezes alguém vai lá e joga palha, restos de madeira.
Mas pode não ser o bastante pra queimar sua cegueira.
Enfraquecida, logo a chama se apaga.
Enquanto te olham com crescente mágoa.

Eis que surge o vento em rajada certeira!
Logo sua fagulha se torna fogueira.

E então você joga álcool,
e mais álcool,
incendeia tudo a esmo.
Mas por que é que estou queimando mesmo?

Sinto muito.

Posted in Uncategorized on April 10, 2013 by renatocruzatto

Sinto que era a desculpa
perfeita,
Sinto que era a rua
estreita,
Sinto que era o plantio sem
colheita,
Sinto que era o atalho pela
direita,
Sinto que era a harmonia
desfeita,
Sinto que era a esperança
refeita,
Sinto que era a desculpa
perfeita,

pra você sumir de vez.

Posted in Uncategorized on April 10, 2013 by renatocruzatto

Sei me virar bem sozinho.
Mas não vou te deixar ir, não.

Eis uma grande e gorda mentira.
Que diabos aprendi em 22 anos de estadia?

Soltar.
Soltar e não esperar.
Soltar, pra amarrar?

…e então fica claro:
ainda tenho muito a praticar.

Posted in Uncategorized on April 10, 2013 by renatocruzatto

A falta de interesse transborda.
Que me importam os jovens
tocando Blues em seus violões
Que me importam os olhares
se os decifro de prontidão?
Que me importam shows, bares,
e a porra da multidão?
Que me importa a sua banda nova
que é a salvação da música
Que me importa essa maldita
composição rústica?
Foco. Superar a força, o ex-, o esforço.
Pra mim ou por você?