Archive for the Pré-Fezes Category

de mim pra mim

Posted in Pré-Fezes on October 24, 2012 by renatocruzatto

daqui pra frente, percebo alguns caminhos possíveis:

  1. a estagnação lhe dominará por completo e você será um velho enrugado e frustrado, provavelmente dos que descarrega as frustrações na bebida;
  2. você estará mortinho da silva;
  3. você terá, quem sabe, se revoltado por completo e decidido tomar as rédeas da sua vida. e aí, com um pouco de sorte, terá realizado a maioria dos seus objetivos;

meu querido, se estiver lendo isso, saiba que no momento que escrevo sei que as coisas estão no 33,3%. como é que acaba essa história? nunca prezei tanto por um spoiler.

 

Advertisements

Dizem que a vida é um contrato com si mesmo. Quando o assinei, tava comendo uma pizza.

Posted in Pré-Fezes on June 16, 2012 by renatocruzatto

09/07/2015

Sabe aquelas gorduras que vão acumulando, cê nem nota que elas tão lá, até que um dia você se fode? O doutor disse que tô cheio delas. Óbvio que não se referia àquelas nas minhas artérias(seria redundante), e sim às do meu cérebro. Opa, cérebro não: psique. Esses psicólogos sempre me aparecem com uns termos engraçados.
Enfim, ele me disse que preciso me exercitar, fazer alguma atividade nova. Assim a gordureira(que ele chamava de libido) ia desentupir e poder correr livremente. Mas o que eu posso fazer? Aqueles contratos não vão se assinar sozinhos. Saca?

16/09/2015

Meu, o que aquele mendigo tava fazendo no metrô? Deviam controlar melhor os usuários. Enfim, o fato é que quando vi, ele tava lá, esperando o trem comigo. Aí ele olha pra trás, e me solta: “Uns comem tanto, enquanto outros…” – foi aí que meu corpo falou mais alto e empurrei o cara, que caiu na linha. Por sorte, recobrei a sanidade em seguida e tirei o cara de lá. Contei pro doutor, que me sugeriu uma mudança drástica de vida. Pff. Mal tenho grana pra pagá-lo. Mal tenho grana pra uma pizza.

22/11/2015

Me sinto ironicamente rejuvenescido. Como se tivesse enfartado, e agora vos escrevo diretamente do pós-vida. Talvez eu tenha tido mesmo um enfarto – do tipo cerebral. Não tô pronto pra encarar a cena diante dos meus olhos agora, mas já fiz minha escolha. Abro a geladeira: sem pizza. Vai se foder, psique – acabo de assinar meu último contrato. Com o diabo.

mudei a rima e cês nem perceberam

Posted in Pré-Fezes on October 20, 2011 by renatocruzatto
  1. Dona Bolinhos morava sozinha, numa casinha.
  2. Dona Bolinhos morava sozinha, numa cozinha.

Frango Frito; Carne de Panela; Salsinha;
Palmito;Mortadela; Farinha;
Macarrão;Alho;
Caralho.

Dona Bolinhos era gorda, bem gordinha. Comia a valer, sempre que podia. A vida era um espetáculo de fartura, bonança, e alegria.

Até que um belo dia:

A geladeira estava vazia. *entra a triste sinfonia*

     Bolinhos refletia:

ai meu deus, que agonia.
devia ter considerado a bulimia.
e se eu comer o gato Jeremias?
acho que vou me afogar na pia.

 

A vida começa e termina numa comida.